Sistema Solera: o método de vinificação das grandes bebidas!

O sistema de solera de envelhecimento de vinhos foi desenvolvido por espanhóis e portugueses como uma forma de fornecer vinhos com uma certa homogeneidade do produto ao longo de diferentes safras. E o que era apenas uma cautela, se tornou uma grande arte.

O sistema de solera pode parecer complicado no início, mas é realmente um engenhoso exemplo de que a indústria do vinho chama mistura fracionária. Eis como funciona: barris de vinho do mesmo tipo, mas diferente safras são empilhados em cima uns dos outros, em forma triangular, de forma que os mais velhos fiquem na parte inferior e o mais novos no topo.

cartavio_solera_barrels

Os barris que ficam mais próximos ao chão são chamados de Solera (de solo) enquanto os demais são chamados de criadeiras. A produção de cada ano é realizada a partir da coleta dos vinhos que estão no fundo, onde são retirados entre 10% e 30% dos vinhos. Em seguida, este barril é preenchido pelos barris da linha superior, que contém safras mais jovens. E estes, preenchidos por barris da linha superior, com safras mais jovens ainda. Na última linha, ao topo, são colocados os vinhos colhidos no ano.

esquema do método solera
esquema do método solera

Desta forma, os vinhos obtidos na solera são uma mistura de diversas safras, tendo uma proporção maior de safras mais antigas. A idade média dos vinhos da solera pode atingir décadas e décadas. Por isso um vinho tão raro e complexo.

Esse método não é utilizado apenas em vinhos, sendo muito aproveitado pelas indústrias do Whisky e Rum, entre outros.

Rum feito pele método solera
Rum feito pele método solera

Até a próxima!

Vai, conta aqui o que você achou disso

%d blogueiros gostam disto: