Reinheitsgebot: Lei da Pureza da Cerveja

Os alemães tem uma peculiar mania de querer pureza em tudo, mas coincidências à parte, há praticamente 500 anos que as cervejas alemãs são produzidas apenas com os quatro ingredientes básicos:  água pura, malte, lúpulo e fermento.

Volta e meia vemos nos contra rótulos das cervejas que elas são produzidas segundo a Reinheitsgebot ou a Lei de Pureza da Cerveja. Mas o que é isso?

Instituída na Alemanha, mais especificamente na Baviera (região alemã onde está Munique), a Reinheitsgebot, Lei de Pureza da Cerveja, teve como finalidade regulamentar a produção de cerveja.

800px-DBP_1983_1179_Reinheitsgebot_Bier
Selo comemorativo

Vale ressaltar que no início, a Reinheitsgebot continha apenas três ingredientes, água, cevada e lúpulo. A levedura ou fermento, só veio a ser introduzido mais tarde, quando foi descoberta no século 19 pelos estudos de Louis Pasteur. E o termo “cevada” foi substituído por “malte de cevada”. Além da inclusão do trigo na permissão da produção das cervejas Weissbier que é uma especialidade da Baviera.

IMG_20141031_104116

Atualmente a regulamentação europeia autoriza outros ingredientes nas cervejas alemãs, mas boa parte dos cervejeiros alemães continuam a seguir as prescrições do Reinheitsgebot, consideradas “garantia de qualidade”. Isto acontece principalmente nas marcas vendidas em território alemão, ou seja, as cervejas para exportação estão sujeitas a adição de outros ingredientes também. Isto as difere bastante das cervejas belgas que costumam utilizar diversos ingredientes como frutas, condimentos e especiarias em suas receitas.

O texto da Reinheitsgebot:

Como a cerveja deve ser elaborada e vendida neste país, no verão e no inverno: Decretamos, firmamos e estabelecemos, baseados no Conselho Regional, que daqui em diante, no principado da Baviera, tanto nos campos como nas cidades e feiras, de São Miguel até São Jorge, uma caneca de 1 litro (1) ou uma cabeça (2) de cerveja sejam vendidos por não mais que 1 Pfennig da moeda de Munique, e de São Jorge até São Miguel a caneca de 1 litro por não mais que 2 Pfennig da mesma moeda, e a cabeça por não mais que 3 Heller (3), sob as penas da lei. Se alguém fabricar ou tiver cerveja diferente da Märzen, não pode de forma alguma vende-la por preço superior a 1 Pfennig por caneca de 1 litro . Em especial, desejamos que daqui em diante, em todas as nossas cidades, nas feiras, no campo, nenhuma cerveja contenha outra coisa além de cevada, lúpulo e água. Quem, conhecendo esta ordem, a transgredir e não respeitar, terá seu barril de cerveja confiscado pela autoridade judicial competente, por castigo e sem apelo, tantas vezes quantas acontecer. No entanto, se um taberneiro comprar de um fabricante um, dois ou três baldes (4) de cerveja para servir ao povo comum, a ele somente, e a mais ninguém, será permitido e não proibido vender e servir a caneca de 1 litro ou a cabeça de cerveja por 1 Heller a mais que o estabelecido anteriormente.”

Guilherme IV, duque da Baviera, no dia de São Jorge (23 de abril), no ano de 1516, em Ingolstadt”

Na realidade, muitas verdades e mitos rondam a Lei da Pureza da Cerveja, ela restringiu os cervejeiros a utilizar determinados ingredientes, e eles continuaram fazendo boas cervejas e aprimorando suas técnicas. No século XVII o trigo foi liberado, e em 1987 para a liberação da União Européia a lei foi revogada.

Cultura Alemã e Marketing

A Reinheitsgebot é tão forte dentro da cultura alemã que eles reivindicam que seja transformada em patrimônio da humanidade. E pode-se dizer que há uma jogada de marketing pois vende-se muito bem esta qualidade das cervejarias alemãs e o cuidado com os ingredientes. E há um grande erro em elevar a lei como  a única forma boa de fazer cerveja.

Puro Malte

Quando alguém diz que uma cerveja é puro malte, não quer dizer que ela tenha sido produzida rigidamente sob as regras da Lei da Pureza, implica principalmente no fato de não terem sido utilizados adjunto de cereais não maltados na produção, como milho e arroz que são os mais comuns e que no Brasil são permitidos em até 45% do total de ingredientes da cerveja.

IMG_20141017_074109

Assim sendo, em matéria de cervejas artesanais, sendo produzidas sob a Reinheitsgebot ou não, o mais importante é saber se são puro malte pois outros ingredientes tal como frutas, ervas e especiarias também integram excelentes cervejas. A Reinheitsgebot não vigora mais, mas deixou como herança uma reputação de pureza e qualidade à cerveja alemã.

Harmoniza com este post: Hofbräu Original – HB 500ml – Estilo: Munich Helles – Álcool: 5,1%

Saúde!

Vai, conta aqui o que você achou disso

%d blogueiros gostam disto: