Hacker-Pschorr Münchner Kellerbier Anno 1417

Esta cerveja foi amor à primeira vista. A primeira vez que a degustei foi durante o curso de sommelier de cerveja, às cegas. Depois do primeiro gole sequei o copo em segundos. E após ter sua identidade revelada ela passou a fazer parte do meu carrinho de compras com certa frequência.

Ela leva em seu nome o ano de fundação da cervejaria Hacker em 1417 na cidade de Munique na Alemanha. No século 18 foi adquirida por Joseph Pschorr e fundou uma cervejaria com seu nome. Esta cerveja surgiu em 1972 e o logotipo atual é a união dos logotipos das duas cervejarias. Atualmente é uma das seis cervejarias oficiais da Oktoberfest de Munique.

hacker-pschorr

É uma lager perfeita para o calor, seca, ela chama o próximo gole com avidez, seus 5,5% de teor alcoólico também contribuem para a refrescância que ela dá. É equilibrada, gostosa, e o melhor? Fácil fácil de beber.

De cor amarelo alaranjado, ela é turva e tem boa formação de espuma, com média duração, mas boa consistência que deixam algumas marcas pelo copo. No nariz aromas de malte, pão, biscoito, fermento e leves notas de lúpulo. Na boca o malte e sabores adocicados se reforçam junto ao fermento e um cítrico. Um amargor de fim de boca de média duração. A cerveja tem corpo médio e alta carbonatação.

Harmoniza muito bem com saladas, aves, peixes, salsichas brancas, queijos suaves e sobremesas.

É uma ótima cerveja, a característica do fermento tanto no aroma quanto no paladar está bem presente pois não é uma cerveja filtrada, dando também a turbidez apresentada na análise visual. Característica do estilo Kellerbier, orginário da Alemanha e que significa literalmente adega ou “cerveja de porão”.

A garrafa também é um charme a parte, bonito rótulo e fechamento tipo “swing-top” que é era rolha de plástico com a alavanca.

hackerpchorr__62825_zoom

As Kellerbiers autênticas geralmente possuem pouca carbonatação porque elas fermentam em barris de madeira que não conservam toda a carbonatação produzida pela reação de fermentação. São cervejas não filtradas e não pasteurizadas, utilizando técnicas de produção que se mantêm desde a Idade Média. O produto final é tipicamente suave com alto teor de vitaminas, fruto dos fermentos presentes na sua elaboração e bastante opacas.

Cerveja: Hacker-Pschorr Anno 1417
Cervejaria: Paulaner Brauerei München
Origem: Alemanha
Estilo: Keller
Cor: Âmbar Alaranjado
Graduação Alcoólica: 5,5%
Temperatura: 8 – 10ºC
Embalagem: Garrafa 500ml
Copo ideal: Tulipa, Taça de vinho branco
Preço médio: R$ 23,00

Vai, conta aqui o que você achou disso

%d blogueiros gostam disto: