Dunamis: Já ouviu falar em Merlot Branco?

Os vinhos tintos têm a sua coloração proveniente do contato com as cascas durante a vinficação, já que a polpa de todas as uvas são brancas (salvo exceções). E um produtor brasileiro resolveu apostar num Merlot vinificado sem cascas!

A Dunamis é uma vinícola nova, de 2010, localizada na Campanha Gaúcha, Rio Grande do Sul, região na fronteira com Argentina e Uruguai, tida hoje como umas das melhores regiões de vinhos no Brasil.

Campanha Gaúcha, em Rosa (mapa da Ibravin)
Campanha Gaúcha, em Rosa (mapa da Ibravin)

 

Um dos pontos que difere a vinificação dos vinhos brancos e tintos é o uso ou não das cascas durante o processo fermentativo. Enquanto os branco são vinificados sem casca, os tintos passam até algumas semanas em contato com a casca durante a fermentação para extrair a cor. E os rosés, por exemplo, são vinhos tintos que tiveram pouco contato com as cascas, apenas horas (Existem outros métodos de vinificação para rosés, mas este é o mais comum).

Dunamis Merlot Branco
Dunamis Merlot Branco

 

E é por isso que é possível gerar um vinho branco a partir de uvas tintas. E dessa teoria surgiu o Dunamis Merlot Branco, um vinho de cor amarela dourada clara, com notas de frutas cítricas ao nariz, como maracujá, abacaxi e maçã. Surpreedente!

E você, já provou algum outro vinho branco feito de uvas tintas?

Vai, conta aqui o que você achou disso

%d blogueiros gostam disto: